sexta-feira, 14 de outubro de 2016

ARTIGOS 2º E 3º DO CREDO


    O segundo artigo do Credo é: "E em Jesus Cristo, um só Seu Filho, Nosso Senhor.
   Na parte superior e central do quadro está representada a Transfiguração de Jesus, na qual Deus Pai proclamou Jesus Cristo seu Filho.
   Jesus Cristo tendo levado consigo sobre o Monte Tabor três de seus discípulos, Pedro, Tiago e João, de repente, transfigurou-se diante deles. Seu rosto tornou-se brilhante como o sol e suas vestes brancas como a neve. Vemos aí Moisés e Elias que conversam com Jesus à vista de seus discípulos. Do meio da nuvem luminosa que os cobre uma voz fez-se ouvir com estas palavras: "Este é meu Filho dileto em quem pus toda a minha complacência




; ouvi-o". A esta voz, os apóstolos que haviam acompanhado a Nosso Senhor tiveram grande medo e caíram de bruços. No meio deles São Pedro diz: "Senhor, bom é nós  estarmos aqui; se quiserdes faremos aqui três tendas: uma para Vós, uma para Moisés e uma para Elias".
  Ainda na parte superior do quadro à esquerda, vemos uma espécie de medalha na qual está representado o Pai Eterno enviando Seu Filho à terra no momento em que o Divino Espírito Santo também vai operar o grande mistério da Encarnação, como vamos explicar a figura logo abaixo, na parte inferior e à esquerda do quadro. Aí estão representados os mistérios da Anunciação e da Encarnação do Filho de Deus
   Temos aqui o 3º artigo do Credo: "...o qual foi concebido do Espírito Santo, (sua 1ª parte),
Vemos representado aí o Arcanjo São Gabriel saudando a  Santíssima Virgem Maria em oração em sua casa de Nazaré, e anunciando-lhe que Deus a escolheu para ser a Mãe do Salvador. No mesmo instante, o Divino Espírito Santo opera nela, por um grande milagre, o mistério da Encarnação.
   À direita do quadro, temos representada a 2ª parte do 3º artigo do Credo: ..."nasceu de Maria Virgem",
   Na parte superior do quadro, vemos numa espécie de medalha, representada uma profecia de Isaías sobre  Nosso Senhor Jesus Cristo (Isaías, XI, 1). "Sairá uma vara do tronco de Jessé (=Isaí, pai de David), e uma flor brotará da sua raiz". Podemos dizer que esta profecia se refere também à Santíssima Virgem Maria porque ela é  descendente da família real de Davi; e sobretudo, porque dela é que nasceu Jesus. Vemos na figura um homem deitado(este homem é Jessé). Do seu peito como que nasce uma árvore(é a família de Davi); por isso vemos a figura de Davi nos galhos da árvore. A árvore não tem muitas folhas, para significar que a estirpe real de Davi estava então quase destruída e apagada. Mas do tronco(cujas raízes estão fixadas no pai de Davi) sai um rebento que, uma vez crescido, termina numa flor sobre a qual está a Santíssima Virgem Maria como rainha, trazendo no colo o Menino Jesus, que, por sua vez, ampara o globo terrestre porque Ele é o Rei dos reis, o Salvador do mundo. 

Na parte inferior do quadro,  vemos  representado o nascimento do Menino Jesus. Nasceu de Maria Virgem. O Menino Jesus nasce num estábulo em Belém. É cercado de todos os cuidados de Sua Mãe e de Seu pai de criação, São José. Perto da manjedoura onde repousa o Menino Jesus vemos um boi e um jumento que, segundo a tradição, se encontravam neste lugar.
   Os pastores dos rebanhos vêm adorá-lo e os anjos cantam o hino de alegria: "Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade".
  
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário