terça-feira, 4 de novembro de 2014

Qual o autor sobre-humano do plano maçônico?

 "Plano sobre-humano" diz um dos maiores chefes da Maçonaria, Nubius. É aquele mesmo que Nosso Senhor Jesus Cristo chamou de "espírito imundo", "príncipe do mundo", "satanás", "o invejoso e homicida desde o início do mundo".  Aquele mesmo que São Pedro chama de "leão rugidor que procura nos devorar"; aquele mesmo que São Paulo diz estar voando pelos ares. É aquele mesmo que São João Evangelista no Apocalipse chama de: "dragão" e "antiga serpente". É aquele que a "New Age - Nova Era tem como chefe e é chamado pelo nome de "Maitreya" e que habita em "Scambaía".(="Cidade" de Lúcifer). É justamente aquele que a Maçonaria no seu "CATECISMO DO MESTRE" (um livro oficial maçônico) honra com a seguinte oração: "Vem, Satanás, o proscrito dos padres, o abençoado do meu coração". 

 Eis apenas alguns fatos históricos: 
 "Em 1893, na inauguração da estátua de Garibaldi (maçom grau 33, aquele mesmo que tomou da Igreja os Estados Pontifícios) o coro (de maçons) entoou um hino em que se dizia: "Ele passa, ó jovens, Satanás, o grande"... Nós vos saudamos, ó Satanás, ó Rebelião, ó Força vitoriosa da Razão!" (Livro "As Seitas Secretas" - Livraria Católica, Juiz de Fora - 1931 escrito pelo Padre Teófilo Dutra). 

 Vou transcrever deste mesmo Livro do Padre Teófilo Dutra apenas dois, dos muitos fatos que conta.
 "Em 1893, o palácio Borguese, em Roma, foi alugado ao Grande Oriente da Itália. Dois anos depois, ex vi de uma cláusula do contrato, foi a maçonaria intimada para desocupá-lo. A este respeito o "Corriere Nazionale" publicou o seguinte: "O encarregado dos negócios da família Borguese indo visitar os compartimentos, afim de pô-los em ordem para poderem ser ocupados por D. Scipion Borguese e pela duquesa de Ferrari, encontrou uma sala fechada, e que só foi aberta sob ameaça de ser arrombada pela força pública. "Tinha sido transformada em Templo Satânico. As paredes estavam cobertas com damasco preto e vermelho; o fundo ostentava um pano rico sobre o qual se via a figura de lúcifer, tendo na frente um altar; estavam espalhados por diversas partes triângulos e outros emblemas maçônicos; ao redor estavam dispostas em ordem magníficas cadeiras, tendo cada uma no cimo de seu espaldar um olho transparente; no meio erigia-se um rico trono". 

  O Padre Teófilo Dutra conta um outro fato do qual diz ter sido quase testemunha: "No ano em fui para Paris, diz o Padre Teófilo, ali se achava como membro de uma comunidade religiosa um moço que havia trocado o avental dos filhos de satanás pela roupeta dos filhos de Deus. Deu-se o caso da seguinte maneira:
 "Fazia as conferências quaresmais de Notre Dame o conhecido orador Padre Monsabré (era afamado mundialmente). Um dia, ao sair da Igreja, apresentou-se-lhe o referido mancebo, que o saudou respeitosamente e lhe disse: Sr. Padre, assisti hoje à sua prédica e fiquei com ela grandemente impressionado. Falando V. Revma  sobre o Sinal da Cruz, disse que à sua vista foge o demônio espavorido. Eu quisera que V. Revma verificasse este fato em minha presença. " - Como? contraveio Monsabré, se ele é espírito e neste mundo não estamos em condições de ver os espíritos? Nem a nossa alma podemos aqui vê-la. " - Sr. Padre, tornou o desconhecido, eu sou maçom, e na Loja que frequento ele aparece em algumas sessões solenes. Digo-lhe isto reservadamente. Se V. Revma lá for e o fizer fugir com o sinal da cruz, far-me-á um grande favor. " - Isto é que é de todo impossível, respondeu Monsabré; os maçons não permitem profanos em suas sessões e muito menos a mim que, além de profano, sou sacerdote e, além de sacerdote, frade." " - Eu me encarrego de levá-lo lá, insistiu o moço, e lhe dou caução de não correr perigo algum. 
" - Como já disse, concluiu o pregador, sou religioso, tenho no convento um superior, sem cuja lecença nada posso prometer. O sr. venha ao convento qualquer dia buscar a resposta".
  "Com efeito, algum tempo depois apareceu no convento o tal jovem, ao qual Monsabré comunicou que o superior lhe permitira ir com ele à Loja, mediante certas condições. O moço retirou-se contente, prometendo reaparecer no dia da sessão solene.
   "No dia marcado, satisfeitas as condições, saíram ambos juntos, e o rapaz, que conhecia perfeitamente o casarão com todos os seus esconderijos, levou o Padre para um desvão donde avistavam a sala da sessões,  e onde por ninguém eram vistos. 
   "Em se aproximando a hora da sessão, iam chegando os membros da Loja e tomando assento nas cadeiras colocadas em ordem. No meio da sala via-se um sofá que, justo na hora, depois de algumas cerimônias maçônicas, foi ocupado pelo chefe infernal. Ao vê-lo, Monsabré tomou o seu crucifixo, e com ele fez uma cruz para o lado da reunião. Não cabe em descrição o barulho, a confusão, a desordem, que houve, desaparecendo o chefe sem presidir à sessão!
 "O moço abraçou -se com o Padre Monsabré dizendo-lhe: "vamos, sr. Padre, vamos por aqui, E saíram sem serem pressentidos.
   "Tratou logo o jovem maçônico de abjurar a seita, e entrou para um convento de religiosos.

    Não padece dúvida que satanás tem aparecido várias vezes em sessões maçônicas, na Itália, em tempos passados, em França e outros países como na Inglaterra, especialmente na capital Londres. Nestas aparições o "bicho ruim" dá instruções e também ordens, para serem cumpridas em todos os países! Há certas pessoas que fazem esta obra ordenada pelo demônio. Fora da confissão, quando eu era neo-sacerdote em Campos, um homem inteiramente estranho me disse sem rodeios: "Durante minha vida, praticamente toda, trabalhei para o demônio, galguei o último grau, e agora estão me exigindo, para conseguir mais ainda, que eu entregue minha alma ao demônio" Dei-lhe, naturalmente, muitos bons conselhos, mas se despediu, e até hoje nunca mais o vi.
   Só Deus, em Seus insondáveis desígnios sabe porque permite ao demônio tomar alguma aparência para poder aparecer, como aliás o próprio Divino Espírito Santo conduziu Jesus ao deserto para aí ser tentado pelo demônio. Por si mesmo o demônio não pode fazer nada. É um cão amarrado. Mas ou como castigo(para os maus) ou como provação (para os bons) para a pessoa ter mais merecimentos ( como é o caso dos santos que foram importunados por ele: Santo Cura d"Ars, Santa Teresa d'Ávila, São Pio etc. etc), Deus permite que o demônio não só tente internamente, mas intervenha também externamente, ou para ajudar os maus ( como castigo), ou para dar oportunidade de sofrer por amor a Jesus, como recompensa aos bons. 

Um comentário:

  1. CATÓLICO AGREGANDO-SE À "SINAGOGA DE SATANÁS"?
    A maçonaria pertence às sociedades secretas de origens antiquíssimas, dos tempos do Egito, Babilônia e da cabalística judaica etc., particularmente de judeus, de práticas ocultistas, idéias materialistas e atéias, portanto arquiinimiga da Igreja. A constituição atual data de 1723, promulgada pelo protestante presbiteriano James Anderson; pretendia derrubar nos tempos da Revolução Francesa a monarquia e a Igreja, instaurando um reino igual à Nova (Des) Ordem Mundial-Nova Era-NWO, senão ela mesma, em que o homem se ilumina e transcende-se, possuindo condenação formal do S Padre Clemente XII já em 1738, sequencial e unanimente, inclusive pelo S Padre Bento XVI, ratificada em 17/02/81 pela CDF, impondo sobre os católicos exclusão automática da Igreja sob qualquer associação ou participação em suas assembléias e cultos - cânon n° 2335 - por haver incompatibilidades doutrinárias contrastantes.
    É sabido que coligam-se maçonaria e outras seitas secretas, protestantismo e partidos socialistas comunistas a se infiltrarem na Igreja, tornando-se aparentes membros da mesma com intuito de a implodirem, similar à esquerdista Teologia da Libertação que é a disseminadora do "Marxismo Cultural" por meio de rebeldes sacerdotes à Igreja, talvez sejam os maiores responsaveis pela comunização do país junto a leigos simpatizantes e influentes, assim como todos os partidos comunistas, como o PT.
    A maçonaria insinua um exacerbado panteísmo e um deísmo subjetivista. É uma doutrina ultra relativista e racionalista, admitindo apenas proposições aceitas pelo empirismo científico e explicita ainda liames com o protestantismo, socialismo-comunismo; paradoxo com a fé católica transcendente que crê em nova vida, ressurreição da carne, futuro novo aos que morrerem em Cristo para a eternidade.
    Inadmite a Verdade Única, Deus, mas um outro - Grande Arquiteto do Universo - G.A.D.U., de modo vago, subjetivo, e há desacertos quanto à cosmologia: a visão do mundo deles não é unitária, idem relativista e subjetivista.
    Também aqui sua doutrina diverge com a Igreja por admissão de crenças secretas anexas à Nova Era-NWO - self service de religiões ocultistas à escolha do cliente - por se incluir na diversidade espiritista, umbandista, candomblecista, mediúnica e em suas extensas ramificações esoteristas. Em Mt 6,24: Ninguém pode servir a dois senhores: com efeito ou odiará um e amará o outro. Em Rs 17,16...Abandonaram todos os preceitos do Senhor, seu Deus...serviram a Baal.
    Por outro lado, correlaciona-se com seitas e religiões orientais holísticas de meditações transcendentais como a Yoga, Seicho-no-ie etc., em que se configuram panteísmo e deísmo subjetivistas exacerbados que, por meio de práticas meditacionais transcendentais apropriadas, as pessoas auto realizam-se plenamente, incompatibilizando-as idem.
    Convém notar que as práticas religiosas dessas denominações admitem que o homem se auto liberta, embora se pautem em itinerários, cultos e doutrinas com suas peculiaridades, sem exceção, desembocam todas ao final num mesmo local: nas extensas ramificações esotéricas em suas diversidades, constituindo-as por isso todas vinculadas ao satanismo.
    Agregar-se à maçonaria formalmente definida pela Igreja como "Sinagoga de Satanás", é tornar-se maçon que se diz católico, o qual por aderir sob qualquer pretexto apostasia-se, exclui-se da Igreja no ato, configurando antecipadamente sua associação para a eternidade ao corpo místico de Satanás.
    A maçonaria se enquadra sob os parâmetros do satanista Marx: "nada há de absoluto, definitivo e sagrado".

    ResponderExcluir