sábado, 3 de junho de 2017

NOVENA DO DIVINO ESPÍRITO SANTO

   ORAÇÃO PREPARATÓRIA como no primeiro dia.



LEITURA PARA O NONO DIA

O amor de Deus é um tesouro que contém em si todos os bens.

   1 - O amor de Deus é aquele tesouro do qual diz o Evangelho que se deve deixar tudo para alcançá-lo. Pois o amor nos faz participar da amizade de Deus. "É um tesouro infinito; quem dele usa, recebe a amizade de Deus" (Sab 7, 14). Ó homem, diz Santo Agostinho, por que procuras bens? Procura um bem que encerra todos os bens". Mas este único bem: Deus, não podemos achar, se não deixarmos os bens terrestres. Santa Teresa dizia: "Aparta teu coração das criaturas, e encontrarás a Deus". Quem encontra a Deus encontra tudo que pode desejar: "Deleita-te no Senhor, e ele te dará o que teu coração almejar" (Sl 36, 4). O coração humano ininterruptamente apetece bens que o tornem feliz. Caso procure estes bens nas criaturas, não será saciado. Se, porém, chegar ao ponto de nada desejar senão a Deus, o Senhor saciará todos os seus desejos. Quem é pois mais feliz na terra que os santos? E por quê? Porque nada querem, nada desejam senão a Deus.

   Um príncipe encontrou numa caçada no mato um eremita e perguntou-lhe o que buscava na solidão. Replicou o eremita: "E vós, príncipe, que buscais vós? "Caço animais ferozes", respondeu ele. "E eu, rematou o eremita, procuro caçar o próprio Deus". Oferecendo um perseguidor a São Clemente ouro e pérolas se renegasse a Cristo, exclamou com um suspiro o santo: "Como é possível comprar a Deus com um pouco de pó?"

   2 - Feliz aquele que conhece quão grande tesouro é o amor de Deus e que procura alcançá-Lo. Tendo-o achado, por própria iniciativa se despojará de todos os bens terrestres para nada possuir senão a Deus. "Estando a casa em chamas, diz São Francisco de Sales, lança a mobília janela a fora". O servo de Deus Padre Ségneri Júnior costumava dizer ser o amor de Deus um ladrão que nos rouba todas as inclinações terrestres de modo que podemos exclamar: "Que outra coisa posso querer a não ser: Deus!"

   Até agora, meu Deus, não busquei a vós, mas só a mim e minhas inclinações e assim vos voltei as costas, meu sumo bem. Porém, consola-me a palavra do profeta: "Bom é o Senhor à alma que o busca" (Lam 3, 250. Ela me diz, meu Deus, que sois cheio de bondade para com aqueles que vos procuram. Amado Salvador, reconheço que grande mal fiz, apartando-me de vós; arrependo-me de todo o coração. Reconheço que tesouro infinito sois vós e já não quero abusar deste conhecimento. Tudo repudio e escolho a vós como único objeto de meu amor. Meu Deus, meu amor, meu tudo, amo-vos, desejo-vos, suspiro por vós. Espírito Santo, vinde e destruí em mim pelo fogo de vosso amor todas as inclinações que não sejam para vós. Dai-me que pertença inteiramente a vós e vença tudo parra agradar a vós.  

   Minha intercessora e mãe Maria, acudi-me por vossas preces. Amém.


   ORAÇÕES FINAIS, como no primeiro dia. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário