domingo, 28 de maio de 2017

NOVENA DO DIVINO ESPÍRITO SANTO

   ORAÇÃO PREPARATÓRIA.

 LEITURA PARA O TERCEIRO DIA

O amor de Deus é água que estanca a sede

   1 - O amor de Deus também é chamado "fonte viva". Nosso Salvador disse à samaritana: "Quem beber da água que eu lhe der nunca terá sede" (Jo 4,14). O amor de Deus é uma água que mata  a sede; pois quem de fato ama a Deus já nada mais busca e deseja, achando em Deus todo o bem. Alegre e contente exclama: "Meu Deus e meu tudo". Por isso o Senhor se queixa de tantas almas que mendigam míseros e passageiros gozos às criaturas, deixando o infinito Bem, a fonte de todas as alegrias. "A mim, a fonte das águas vivas deixaram, e cavaram cisternas, cisternas fendidas que não contêm água" (Jer. 2, 12). Deus nos ama e quer nos ver felizes, por isso exclama: "Se alguém tem sede, venha a mim" (Jo 7, 37). Quem deseja ser feliz venha a mim para eu lhe dar o Espírito Santo, que o tornará feliz na terra, bem-aventurado no céu. E continua dizendo: "Quem crer em mim, como diz a Escritura, rios de água viva manarão do seu interior" (Jo 7, 38). Quem crer e amar a Jesus Cristo será enriquecido de tantas graças que do seu coração, isto é, sua vontade, fluirão fontes de santas virtudes que não só conservarão nele mesmo a vida da graça, mas também farão que outros a alcancem. Esta água de que fala o Salvador é o Espírito Santo, o Amor essencial que prometeu mandar depois de sua Ascensão: "E isto disse ele do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado porque Jesus ainda não tinha sido glorificado" (Jo 7, 39).

   2 - A chave com a qual abrimos a porta a esta água santificante é a santa oração que nos alcança todo o bem, conforme a palavra do Redentor: "Pedi e recebereis". Somos cegos, mendigos, miseráveis; mas pela oração recebemos luz, força e todos os tesouros da graça. Teodoreto diz: "A oração, sendo um única, recebe tudo". Quem pede recebe o que deseja. Deus quer nos dar suas graças, mas exige que lhas peçamos. 

   Com a samaritana vos peço, meu Jesus: Dai-me este água do vosso amor para que esqueça tudo o que é terreno e viva só para vós que sois imensamente amável. "Irrigai o que é seco". Minha alma é como terra seca que não dá senão os espinhos e abrolhos do pecado. Refrigerai-a com vossa graça para produzir antes de minha morte algum fruto para vossa maior glória. Ó fonte de água viva, meu sumo bem, quantas vezes vos abandonei para buscar gozos impuros pelos quais perdi vosso amor. Oxalá morresse antes de vos ter ofendido. Para o futuro nada quero procurar a não ser a vós, meu Deus. Ajudai-me e fazei que vos fique fiel.

   Maria, minha esperança, protegei-me sob vosso manto. Amém.


ORAÇÃO FINAL como no primeiro dia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário