terça-feira, 4 de outubro de 2016

CARTA DE S. FRANCISCO DE ASSIS AOS GOVERNANTES DOS POVOS

   "A todos os potentados e conselheiros, juízes e governadores no mundo inteiro, e a todos quantos receberem esta carta, Frei Francisco, mísero e pequenino servo do Senhor, deseja saúde e paz.
   Considerai e vede que "se aproxima o dia da morte" (Gn 47, 29). Peço-vos pois com todo o respeito de que sou capaz que, no meio dos cuidados e solicitudes que tendes neste século, não esqueçais o Senhor nem vos afasteis dos Seus mandamentos. Pois todos aqueles que O deixam cair no esquecimento e "se afastam dos Seus mandamentos" são amaldiçoados" (Sl 118, 21) e serão por Ele entregues ao esquecimento" (Ez 33, 13). E quando chegar o dia da morte, "tudo o que entendiam possuir ser-lhes-á tirado" (Lc 8, 18). E quanto mais sábios e poderosos houverem sido neste mundo, tanto maiores "tormentos padecerão no inferno" (Sab. 6, 7).
   Por isso aconselho-vos encarecidamente, meus senhores, que deixeis de lado todos os cuidados e solicitudes e recebais com amor o santíssimo Corpo e o santíssimo Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, por ocasião de Sua santa memória.
   E rendei tão grande homenagem ao Senhor com o povo a vós confiado, que todas as tardes, que façais anunciar por um pregoeiro ou por outro qualquer sinal que todo o povo deverá render graças e louvores ao Senhor Deus todo-poderoso. E se o não fizerdes, sabei que haveis de dar conta perante Vosso Senhor Jesus Cristo no dia do Juízo.
   Os que levarem consigo este escrito e o observarem saibam que serão abençoados por Deus Nosso Senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário